5 de dezembro de 2014

Nasa: foto de ilha em Marte pode provar presença de vulcões

Paisagem de Athabasca tem provocado desafios aos cientistas que tentam entender sua formação – que pode revelar a existência não só de vulcões, mas de gelo e neve também.

Foto: Daily Mail / Reprodução

Superfície rugosa pode provar presença de vulcões
e até gelo em Marte
Uma imagem divulgada pela Nasa revela parte da
 superfície de Marte que se assemelha ao cérebro
 humano e pode provar a existência de vulcões
 (já extintos) no Planeta Vermelho. Segundo
cientistas, ainda não existem detalhes sobre a
formação do relevo, mas acredita-se que foram
lavas que desenharam a textura na região de
Athabasca. As informações são do Daily Mail.
A região circular tem cerca de 2 quilômetros de diâmetro e é descrita
como “Ilha Circular” de Athabasca – a região de Marte onde há presença
de lavas vulcânicas mais recentes, encontradas até agora. “Parece uma ilha
que era cercada por um ‘mar de lava macio'. Existe uma grande possibilidade
de que atividades vulcânicas tenham criado este cenário, talvez as lavas
tenham levantado o relevo de baixo para cima”, revelou a Nasa.
A paisagem da região de Athabasca tem provocado desafios aos cientistas
que tentam entender sua formação – que pode revelar a antiga existência não
 só de vulcões, mas de gelo e neve. Seus vales parecem ter servido como um
canal de escoamento, cortado por inundações ou fenômenos catastróficos.


“É como se um material estivesse faltando no monte, por isso também é possível que tenha havido uma quantidade significativa de gelo no monte que teria sido evaporado com a presença do calor da lava”, explicou a agência espacial americana.
Foto: AP
A Nasa espera revelar melhores fotos, em melhor qualidade e resolução, da câmera HiRISE - utilizada pela agência no reconhecimento da órbita do planeta vermelho, sendo um dos seis instrumentos da missão. A HiRise custou cerca de R$ 80 milhões e foi construída pela Corporação Ball Aerospace & Technologies junto Do Laboratório Planetário e Lunar da Universidade do Arizona.   A Opportunity encontrou esse conjunto de "mirtilo" na cratera Eagle e logo analisou a composição com seus espectrômetros. Ricas do mineral hematita, essas esferas estão inseridas nas rochas marcianas como frutas em um bolo. Hipóteses sobre sua formação contribuíram para a descoberta da existência passada de água na superfície do Planeta Vermelho e indicam a existência de vida microbiana em algum momento.
Foto: NASA / Reuters














Montagem com fotos da Nasa mostram a superfície de Marte. Cientistas estão intrigados sobre como uma pedra apareceu misteriosamente numa foto enviada de Marte pela sonda Opportunity.
 Imagem à direita mostra a rocha. Dias antes, na fotografia da esquerda, o objeto não aparecia. Um americano pediu na Justiça que a Nasa investigue o objeto.

Nenhum comentário:
Write comentários

Visualizações

Minhas Páginas

04

04

02

08

03

07

03

03

04

05

05












08

Tradutor

"Play Aperte Aqui"