23 de dezembro de 2014

PASTORES CEGOS, QUEM PROCURA AGRADAR AO HOMEM ESTÁ NA CONTRAMÃO DE DEUS...

Deus ou o homem? (Pastoral da CEADEB)

A quem servimos? A Deus ou aos homens? A quem devemos agradar? A Deus ou aos homens? A primeira vista, espiritualizando a pergunta é por demais fácil dá a resposta: A Deus. Contudo, no contexto em que vivemos nem sempre é fácil tomar a atitude correta. Por que? Servimos a Deus, trabalhamos para e com os homens. E os homens sempre querem ser agradados sem nem sempre se preocuparem se você ao agradá-los estará desagradando a Deus ou não. Foi assim com Saul. Ele queria que Samuel o honrasse diante do povo, mesmo depois de Samuel tê-lo repreendido em nome do Senhor. (I Sm. 15.22-31). Há pessoas que estão erradas e enganadas mas não aceitam correção e nem serem contrariadas em seus interesses particulares.
A Bíblia é muito clara quando enfatiza que devemos acima de tudo agradar a Deus, buscando sempre em primeiro lugar o Seu Reino, Sua Justiça. Não importa quais sejam as circunstância, quem sejam as pessoas ou as implicações decorrentes. De Antemão, uma coisa você pode ter certeza: Quem procura agradar ao homem está na contramão de Deus.
Mas existe uma outra questão, para a qual muitos não atentam no momento de ser agradado. É quem te agrada agora, te promete agora ou faz-te algum benefício, virá depois cobrar a conta. Há de querer em troca algo apor conta do benefício que te fez. Ai então você perceberá que ao ser agradado, na verdade você não foi beneficiado, mas enlaçado, preso, para servir aos interesses daquele que, em detrimento da vontade de Deus procurou te agradar. Percebeu o enredo?! É muito difícil ver isto, não é verdade? Você somente pensou que estava sendo atendido e quem te atendeu é a pessoa certa, correta, ideal, e, só e somente então descobre que foi enganado.
É bem verdade que a maioria das pessoas, quando se deixa levar por seus desejos e interesses íntimos, são facilmente enganadas pelas palavras de lisonjas e promessas. Eis a dificuldade de um obreiro que faz profissão de servir a Deus com integridade. Ele não pode lisonjear para não tornar-se um hipócrita, e nem fazer promessas, pois sabem muito bem que não está na sua capacidade a realização delas.
Ter compromisso com Deus exige muitas vezes ser franco com as pessoas e leal a verdade, sem se preocupar em agradar ou desagradar aos homens, sem medo de perder posição, amizade e até mesmo sofrer castigos. Que o diga o profeta Micaias (I Rs. 22. 1-40.
A nossa recompensa, pela posição espiritual o é eclesiástica que sustentamos, nunca virá dos homens, mas sim de Deus a quem servimos e devemos agradar.  Isso nunca devemos perder de vista. Os homens passam, bem como suas palavras desaparecem com o tempo. Contudo, Deus é eterno e suas palavras permanecem para sempre.  
Fiquemos pois com Deus. Amem!
             Do

Nenhum comentário:
Write comentários

Visualizações

Minhas Páginas

04

04

02

08

03

07

03

03

04

05

05












08

Tradutor

"Play Aperte Aqui"