28 de abril de 2017

Cientista revela como estudar e memorizar quase tudo.

Cientista revela como estudar e memorizar quase tudo.

O que 9 em cada 10 aprovados em  concursos estudam que não é ensinado nos cursinhos

porRoberto Cruz | Publicado em 03 de Março de 2017 as 8:35 AM
Segundo especialistas da famosa revista norte-americana Science, o bem sucedido em provas não é aquele que estuda mais e, sim, aquele que possui a maior capacidade de memorizar aquilo que aprende e, a única forma de conseguir esse feito é possuindo um cérebro treinado para isso. Fomos atrás para descobrir qual é esse segredo - Confira na matéria os segredos que vão te ajudar a aumentar absurdamente suas chances de passar em qualquer prova ou concurso público.
Jorge Alves, ex-caixa de supermercado e hoje, Analista Técnico Administrativo do MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, afirma que o sucesso para passar em um bom concurso público ou em qualquer prova, não é o quanto você estuda, mas como você memoriza o que estuda.

Neste último mês, uma história causou controvérsia entre os chamados "concurseiros", pessoas que se dedicam a passar em concursos públicos concorridos após estudo com os aprovados em mais de mil concursos públicos nos últimos anos.
Dentre os resultados da pesquisa, um chamou muito a atenção dos concurseiros e da nossa edição: 9 em cada 10 aprovados em concursos de grande remuneração (acima de 7 mil reais) fizeram algum curso de memorização e, 7 em cada 10, fizeram o treinamento de memorização mnemônicas, técnica criada nos estados unidos e propagada por alguns especialistas e escolas pelo mundo.
Após notar que praticamente já não tinha mais uma vida social e seus finais de semana eram voltados 100% para os estudos, sem estar tendo retorno nos resultados das provas Jorge decidiu pesquisar um pouco mais sobre o assunto e acabou descobrindo que estava estudando de maneira errada .
Jorge entendeu que seu cérebro não memorizava tudo o que estudava em um dia todo e sim, uma parte mínima dele (em torno de 25%), ou seja, ele estava se “matando” de estudar para no final não memorizar muita coisa do que havia sido aprendido.
“Eu trabalhava o dia todo, possuía uma rotina bem exaustiva e a noite tinha que me dedicar ao máximo aos estudos para poder conseguir passar em um concurso público. Eu lia várias e várias vezes e no final não lembrava mais de nada. Confesso que no início comecei a ficar desanimado e muito preocupado, pois gastei muito dinheiro com vários cursinhos e perdi horas e horas de sono para tentar estudar o máximo possível.

Nenhum comentário:
Write comentários

Visualizações

Minhas Páginas

04

04

02

08

03

07

03

03

04

05

05












08

Tradutor

"Play Aperte Aqui"