29 de maio de 2017

47 comédias para sair do sério na Netflix

  • Slide 1 de 5: walt
  • Slide 2 de 5
  • Slide 3 de 5
  • Slide 4 de 5
  • Slide 5 de 5
    © Divulgação

Acontece comigo, deve acontecer com você. Escolher um filme na Netflix não é fácil. A oferta é imensa e, muitas vezes, pode-se cair numa roubada. Escolher uma comédia, então, é uma tarefa árdua. Indicar uma comédia é pior ainda.
Fiz uma lista com 47 comédias que eu gosto. Tudo, claro, depende do humor do “freguês”. Eu, por exemplo, não aprecio comédia vulgares, a não ser que elas sejam propositalmente grosseiras, inclinadas para o humor politicamente incorreto – do qual sou fã.
Ao buscar “comédia” no catálogo da Netflix, vem uma porção de filmes ótimos. O duro foi fazer a seleção. Como sou fã de Jim Carrey, abusei em indicar vários filmes dele. E também, remando contra a maré dos críticos que torcem o nariz para Adam Sandler, tem alguns bons momentos do ator na lista abaixo. Curtiu? Esqueci de alguma? Deixe sua sugestão.
O Golpista do Ano – Abrindo a lista com Jim Carrey numa comédia-dramática-romântica gay sobre um policial que, ao ser preso, se apaixona por outro presidiário.
Perfeita É a Mãe– Mila Kunis é mãe-e-esposa perfeita que, após ser traída pelo marido, decide jogar tudo para o alto e pensar mais si mesma.
Amigas com Dinheiro– A trajetória de quatro amigas inseparáveis que vivem às voltas com problemas financeiros. O elenco é ótimo, com destaque para a formidável Frances McDormand.
Projeto X – Uma Festa Fora de Controle – O subtítulo já revela (quase) tudo. Um estudante e dois amigos, que são impopulares na escola, decidem fazer uma festa de arroba em casa.
Project X Projeto X: uma festa de arroba 1 Ata-me!– Humor, sexo e tensão numa comédia abusada de Pedro Almodóvar sobre um rapaz (Antonio Banderas) que prende em sua casa a atriz pornô por quem nutre uma paixão platônica.
Vizinhos– Seth Rogen e Rose Byrne vivem felizes até a chegada, na casa ao lado, de um bando de estudantes baderneiros, liderado pelo personagem de Zac Efron.
Amor à Toda Prova– Ryan Gosling vai ensinar a arte da sedução para Steve Carell para que ele possa reconquistar sua ex-mulher.
O Show de Truman – Jim Carrey numa comédia dramática já clássica: a vida do personagem Truman se passa dentro de um reality show sem que ele saiba.
Trapaça – Foram dez indicações ao Oscar para esta engenhosa comédia sobre um casal de amantes que vive enganando otários. O elenco reúne Jennifer Lawrence, Amy Adams, Christian Bale e Bradley Cooper.
trapaça Trapaça: grande elenco em comédia indicada a dez prêmios no Oscar 1 O Sentido da Vida – Famoso nos anos 80, o grupo inglês Monty Python usa e abusa do politicamente incorreto em vários esquetes sobre… o sentido da vida (!).
Ninguém Segura Esse Bebê– Fez grande sucesso na década de 90 essa comédia sobre três atrapalhados bandidos que decidem sequestrar um bebê serelepe.
Fargo– Frances McDormand recebeu o Oscar de melhor atriz na comédia de erros dos irmãos Joel e Ethan Coen sobre uma policial grávida que investiga um sequestro na minúscula cidade de Fargo.
Sim Senhor– Jim Carrey brilha, novamente, na pele de um divorciado que, seguindo o conselho de um guru de autoajuda, precisa dizer sim a tudo o que lhe pedem e oferecem.
Adaptação– Os filmes de Spike Jonze (Ela) não são fáceis e, aqui, num roteiro de Charlie Kaufman, mostra a angústia de um roteirista para adaptar uma história para o cinema. No elenco, Nicolas Cage, Tilda Swinton e Meryl Streep.
Ela– Uma história maluca escrita e dirigida por Spike Jonze sobre um rapaz solitário (Joaquin Phoenix) que se apaixona pela voz de um sistema operacional.
Vai que Dá Certo– Fábio Porchat, Gregório Duvivier, Lúcio Mauro Filho, Felipe Abib e Danton Mello são amigos que decidem sair da crise financeira praticando um roubo.
Hairspray– Um dos mais divertidos e deliciosos musicais dos anos 2000 traz à tona a trajetória de uma jovem gordinha, que quer participar de um concurso de dança em 1962. Vestido de mulher, John Travolta rouba a cena como a mãe da protagonista.
Escola de Rock– Jack Black é expulso de uma banda de rock e se reinventa como professor de música para crianças.
Rock of Ages– No musical adaptado para o cinema, uma jovem e um rapaz do interior se conhecem em Hollywood e têm o sonho de fazer carreira no mundo artístico. Tom Cruise está ótimo como um veterano e sedutor astro do rock.
tomcruise Rock of Ages: Tom Cruise rouba a cena 1 Um Parto de Viagem – Um executivo certinho (Robert Downey Jr.) é proibido de embarcar num avião e, sem ter outra chance de voltar para sua cidade, é obrigado a compartilhar o mesmo carro com o sujeito extremamente irritante.
Quero Ser Grande– Neste marco da comédia da década de 80, um menino tem seu desejo atendido e, como num passe de mágica, ganha o corpo de Tom Hanks.
Todo Poderoso– Ao zombar de Deus, um repórter de TV (Jim Carrey) passa a ter condições de fazer o que quiser com o mundo, graças a uma ajuda do Todo-Poderoso (Morgan Freeman).
Quero Matar meu Chefe– Três amigos insatisfeitos com seus chefes pedem a “colaboração” de um matador de aluguel para eliminá-los.
Todo Mundo em Pânico – Virou uma cinésserie, mas o melhor ainda é original, que satiraza os filmes de terror, a começar pelo emblemático Pânico.
Eu, Eu Mesmo e Irene– Jim Carrey interpreta um sujeito com dupla personalidade e ambos se apaixonam pela confusa Irene, interpretada por Renée Zellweger.
O Rei da Comédia– Comédia ácida dirigida por Martin Scorsese sobre um aspirante a ator (Robert De Niro) que, sem medir as consequências e em busca da fama, sequestra um apresentador de TV (Jerry Lewis).
Curtindo a Vida Adoidado– Mais uma emblemática comédia da década de 80 trazendo Matthew Broderick como um estudante que falta à aula para curtir o dia com a namorada em Chicago.
É o Fim – Seth Rogen, Jonah Hill, James Franco e grande elenco envolvidos numa comédia politicamente incorreta sobre um grupo de amigos que tenta escapar do apocalipse.
fim É o Fim: Seth Rogen, James Franco e cia. 1 Superbad– Jonah Hill e Michael Cera são amigos, tentam comprar bebida alcoólica para uma festa, mas entram numa série de roubadas.
As Loucuras de Dick e Jane– Mais um filme de… Jim Carrey (!). Desta vez, o comediante interpreta um marido falido que, ao lado da esposa, que perdeu o emprego, passa a roubar bancos para manter a vida de classe média.
Para Maiores– Já dou logo o aviso! Tem gente que achou nojenta esta comédia em episódios, estrelados por astros do calibre de Kate Winslet, Hugh Jackman, Naomi Watts, Halle Berry e Emma Stone. Eu gosto do humor de absurdos envolvido em situações hilariantes.
Uma Noite Fora de Série– Ao usar nomes falsos para uma reserva num restaurante, um casal (Steve Carell e Tina Fey) se envolve na noite mais maluca de suas vidas.
Cada um Tem a Gêmea que Merece– Atenção para a grosseria do humor de Adam Sandler, que, além de um pai de família, interpreta sua gêmea, uma mulher completamente sem noção.
Marguerite– Comédia francesa que traz à tona a história real de uma simpática socialite que, na década de 20, organizava recitais em sua mansão, mas tinha a voz mais desafinada do mundo artístico.
O Ditador– Sacha Baron Cohen (de Borat e Bruno) não é unanimidade, mas eu curto muito o humor do comediante inglês, fazendo aqui uma paródia divertidíssima de um ditador muçulmano.
O Terminal– Tom Hanks, dirigido por Steven Spielberg, interpreta um turista que fica “preso” no aeroporto de Nova York após seu país sofrer um golpe de estado.
Saneamento Básico– Fernanda Torres, Bruno Garcia, Wagner Moura e Camila Pitanga são moradores de uma pequena cidade do interior gaúcho que, mesmo sem ser atores, tentam fazer um filme de baixo orçamento.
Walt nos Bastidores de Mary Poppins– História inspirada em caso real sobre os encontros (por vezes desastrosos) entre Walt Disney (Tom Hanks) e a criadora do clássico Mary Poppins, interpretada por Emma Thompson. Dá para rir e também chorar (tem uma porção dramática).
O Amor É Cego – Jack Black vê a beleza interior das mulheres e, por isso, não consegue enxergar que sua amada (Gwyneth Paltrow) pesa mais de 200 quilos.
Zohan – O Agente Bom de Corte– Adam Sandler (olha ele aí outra vez) é um agente que combate o terrorismo em Israel convocado para uma missão em Nova York. Para isso, ele se disfarça de cabeleireiro.
Como Se Fosse a Primeira Vez– Mais um engraçado trabalho de Adam Sandler, aqui interpretando um rapaz apaixonado por uma moça (Drew Barrymore), que tem problema de memória.
Vovô Sem Vergonha– Atenção: a comédia é só para quem curte o humor de Johnny Knoxville, um dos criadores de Jackass. Aqui, ele interpreta um velhinho abusado que coloca o netinho em situações desconfáveis para espanto da plateia.
Kick-Ass– Um nerd decide assumir sua porção de super-herói e partir para cima dos criminosos de sua cidade.
Passe Livre– Dois amigos casados ganham permissão das respectivas esposas para curtir a vida de solteiro. Só que, com o passar dos anos, eles já não sabem mais como conquistar uma mulher.
Kung-Fusão– Incrívei comédia de Hong Kong que satiriza, com muita ação, os filmes de kung-fu.
O Grinch– Juro que é o último filme com Jim Carrey, aqui encarnando o Grinch, o vilão verde que roubou o Natal de uma cidade de fábula.
Minha Mãe É uma Viagem – Seth Rogen e a cantora Barbra Streisand se encontram numa comédia que ficou inédita nos cinema. Mãe e filho, eles fazem uma viagem para ficar mais tempo juntos, mas acabam se desentendendo pelo caminho.


Nenhum comentário:
Write comentários

Visualizações

Minhas Páginas

04

04

02

08

03

07

03

03

04

05

05












08

Tradutor

"Play Aperte Aqui"